Carta do rescém-nascido ao pai

Publicado por

n-GRAVIDEZ-PARTO-PAI-E-ME-large570

Recebi uma mensagem por e-mail que me encaminhou uma linda carta do recém-nascido ao papai. Fiquei tão encantada com a sinceridade de suas palavras e, ao mesmo tempo, com a suavidade do apelo da mãe. Sim, porque, na verdade, se trata de um apelo da mãe ao pai, para que ele lhe forneça todo o amor, carinho, apoio e força de que precisa para superar as dificuldades iniciais.

Na verdade, é o filho falando pela mãe, das necessidades de ambos, em um momento de grande fragilidade e demonstra o quanto a presença e participação do pai é importante para o equilíbrio da família. O que já tive a oportunidade de demonstrar na postagem intitulada “A participação do pai na educação e cuidados com o filho – um novo modelo de família”

Também não vou negar que me identifiquei bastante com cada palavra escrita, porque foi exatamente daquela forma que me senti quando minha filha nasceu. Precisei muito do apoio do meu marido naquele momento de tanta insegurança. Felizmente, ele sempre esteve ao meu lado.

Por tudo isso, decidi publicá-la. Como não havia indicação da autoria e não curto publicar matérias de terceiros sem fazer referência ao autor, resolvi fazer uma pesquisa. Em pouco tempo, descobri que a autora é a Vanessa Motta Reis do site Bebê 123. Vocês podem conferir a página dela no link!

Bem, sem mais conversa, vamos logo à cartinha. Sei que estão super curiosos rsrsrs…

Papai, talvez você não saiba o tamanho da sua importância em nossas vidas, minha e da mamãe. Por isso, resolvi te contar o quanto você é fundamental para meus primeiros dias de vida.

É você, papai, o equilíbrio emocional da nossa família. Sua presença nos passa toda a segurança que precisamos neste momento. Você é nossa estrutura nesse momento de fragilidade, que são os primeiros dias após o nascimento.

A mamãe está com os hormônios em revolução, preocupada se vai conseguir ou não amamentar. Algumas vezes, ela chora à toa, por tudo e por nada. Ao mesmo tempo, se sente cobrada porque são muitas as mudanças. Suas emoções estão abaladas. Ela sente medo, alegria, felicidade, insegurança, emfim, papai, uma mistura de sentimentos. Mamãe está cansada, tem dormido pouco e acabou de passar por um procedimento de parto.

Ficarei muito feliz em ter você comigo e com a mamãe no momento em que ela estiver me amamentando. Me pegue em seu colo e me ajude a arrotar. Eu irei me sentir confortável e ainda mais amado em seus braços.

Vou adorar te encontrar durante as trocas de fraldas. Converse comigo enquanto me troca. Talvez você não saiba, mas eu adoro o som da voz que acalmou a mamãe durante o tempo em que estive em sua barriga. Agora, me acalma também.

Aprenda a cantar músicas de ninar, porque vou querer dormir  nos embalos dos seus braços. Nosso vínculo será para a vida toda porque mesmo pequenininho já te amo muito e sei que serei amado também.

Pai, você é a força da decisão clara e precisa em todos os momentos.

Sei que você vai me ensinar muito, papai, mas já te aviso que também irá aprender bastante comigo!

Mamãe

Vanessa Motta Reis

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s